Seguidores

Lendo os Sinais: Experiências Espirituais

Boa noite
bem amigos hoje pensei em falar sobre larvas astrais e sua remoção, mas mudei de idéia vou falar das minhas duas primeiras experiências espirituais que lembro, Na primeira eu tinha 5 anos estava dormindo no meu quarto acordei no meio da noite e vi uma criatura que lembrava um cachorro monstruoso e negro os pelos dele brilhavam e ele apareceu dentro de um circulo que se abriu na parede bem próximo ao teto (eu me lembro nitidamente é como estivesse vendo em cores, foi muito marcante) eu gritei e fiquei paralisada sentada na minha cama, meus pais chegaram no meu quarto desesperados e eu não parava de gritar e de apontar para a parede demorou um muito tempo para eu me acalmar e eu não dormi no meu quarto durante muito tempo. Então pergunto porque uma criatura dessas vem assustar uma menina de 5 anos?

A segunda aconteceu quando eu tinha 10 anos eu estava na cozinha e comecei a ter a sensação que estava flutuando, então me veio a idéia de limpar a sola do meu tênis que estava cheio de chiclete, peguei o tênis e fui para o quintal cada passada que dava tinha a impressão que ia cair pois me sentia flutuando, no quintal  peguei uma faca velha que tinha por lá e fui até o meio do quintal e comecei a limpar o tênis, mas não era mais o tênis ele era uma talha de madeira que eu entalhava, o entalhe mostrava dois índios numa canoa no meio de um rio, comecei a achar estranho, mas continuei o entalhe. Tinha a impressão que o a luz do sol estava mais clara sentia uma sensação gostosa do sol na minha pele, senti uma mão pegando o meu braço e senti uma pessoa atrás de mim virei o rosto para olhar e lá estava um índio completamente nú, neste momento a ficha caiu me perguntei como é que aquilo podia esta acontecendo, comecei a ficar desesperada. Um homem nú! Soltei o sapato sai correndo pra dentro de casa gritando que tinha um homem nú no quintal. Todo mundo ficou pensando que eu estava louca, como era criança deixaram pra lá. Durante muitos anos este índio se apresentou para mim e uma vez ele me revelou que eu tinha sido uma de suas esposas e que ele não iria me deixar ficar com outro homem e realmente meus relacionamentos não vingavam minhas amigas me chamavam de mulher sabonete porque na hora H eu escorregava, mas o tempo passou e eu continuei a trilhar o caminho do conhecimento e o índio não apareceu mais e eu casei com um homem maravilhoso que comunga das minhas idéias e objetivos que mexe com magia como eu. Não importa o problema, o que importa é a vontade direcionada para  um fim que você deseja. Fazes o que tu queres a de ser tudo da lei.



Você é especial e único! Você é o criador do seu mundo! Você é Deus! E os problemas são catapultas que podem te arremessar para o conhecimento.

Seja Feliz agora! Você é o artífice da sua felicidade!


   

Comentários

  1. Oi, gostaria de saber se vc sabe oq é isso q vc viu no teto?? pois aconteceu cmgo tbm qndo era criança ... =/

    ResponderExcluir
  2. Uma entidade da 4º dimensão, não sei de que tipo ou origem pois nunca me preocupei em pesquisar.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

É um prazer receber seu comentário, todo o conteúdo do blog faz parte de experiências vividas e coisas em que acredito.